A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

sábado, 18 de março de 2017

Pai que tirou jovem promessa do São Paulo por grana diz que negociou com Palmeiras e Corinthians


Alê Oliveira analisa momento ruim da defesa do São Paulo
São Paulo perdeu mais uma de suas promessas da base
O São Paulo perdeu William Camargo, mais uma das promessas da geração 1999 a deixar o clube neste ano, conforme noticiado pelo ESPN.com.br no começo da semana, após o pai dele pedir um contrato profissional para o garoto junto ao clube do Morumbi e não ter sido atendido. E, agora, a família busca recolocá-lo no futebol.

Segundo o pai, houve procuras de Palmeiras, Corinthians e outros clubes, mas nada que o tenha agradado financeiramente. Vale lembrar que William deixou o time do Morumbi insatisfeito com a proposta de seguir com contrato de amador, com salário de R$ 4 mil. Outras fontes afirmaram para a reportagem que o motivo da saída foi porque o pai do menino queria R$ 10 mil, mais luvas de R$ 100 mil, para renovar - versão contestada por Camargo.
"Estive em São Paulo na última segunda e o Palmeiras me apresentou uma proposta de três meses de contrato, com possibilidade de renovar de imediato após o torneio que se inicia em abril. Mas o salário é inferior ao que o garoto ganhava no São Paulo, para projetar e depois ver uma possibilidade diferente para o garoto se firmar no clube", disse o pai, Camargo.
"Recebi ligações de empresários e clubes interessados no garoto, mas por enquanto não aceitamos, está recente o ocorrido. O Corinthians foi um deles, mas não falaram de valores. Novorizontino também, Goiás...", continuou.
Os dois rivais tricolores, contudo, não confirmaram o interesse no jovem que vai completar 18 anos em 2017.
Conforme informações que chegaram à reportagem, havia a expectativa da família que William passasse por testes em times europeus, após a assinatura de autorização dada a empresários brasileiros com trânsito no Velho Continente. Mas, por enquanto, não há nenhuma novidade sobre o tema.
Um dos bons nomes da geração 99, William Camargo vinha jogando pouco na base do São Paulo nos últimos tempos, o que deixava seu pai insatisfeito. O garoto, por outro lado, gostaria de continuar no clube do Morumbi, mas teve que ir embora de repente.
A saída do atleta aparentemente foi conturbada. A reportagem conversou com membros da base, que disseram que o jogador, contra a sua vontade, arrumou suas coisas e então deixou o clube, por ordem do pai, que por sua vez negou qualquer litígio no momento da despedida. "Foi tudo tranquilo", avisou.
Alê Oliveira analisa momento ruim da defesa do São Paulo

Nenhum comentário: