A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Henri Castelli veste filha de mãe de santo e ex reclama:'Aqui não entra macumba

Henri Castelli se envolve em polêmica com ex-mulher ao vestir a filha como mãe de santo

Polêmica nas redes sociais! Henri Castelli, que recentemente disse que evita briga com as mães de seus filhos, acabou se envolvendo em uma confusão justamente com uma delas. Tudo começou quando o ator compartilhou em sua conta no Instagram uma foto da filha caçula, Maria Eduarda, que completou 1 ano em janeiro, vestida de mãe de santo.
A mãe da menina, Juliana Despírito, não gostou da foto e reclamou em sua conta no Instagram. "Minha filha foi presente de Deus. Ela não pertence a nenhum outro espírito que não seja o Espírito Santo de Deus! Ao invés de falar de amor e bondade, seja de verdade! Pare de fingir ser o que você não é", escreveu ela, indiretamente, para Henri Castelli, quevoltará à TV como um vilão.
E Juliana Despírito não parou por aí. "Não adianta ser bonito por fora, quando é escuridão por dentro! Eu sou mãe e sou eu que cuido. Desabafo, aqui não entra macumba", opinou ela. "Para quem se sentiu desrespeitado pela religião, essa não foi a intenção. Minha filha quando crescer vai poder escolher o que lhe fizer feliz! Só não acho certo ver minha filha vestida de mãe de santo sem ter idade e discernimento das coisas", completou a ex-mulher de Castelli.
"Se desabafei aqui é porque sou feita de carne e osso e tive meus motivos! Como mãe, me senti muito desrespeitada", escreveu ela. Henri Castelli não se pronunciou depois disso.
Mãe de santo rebate polêmica: 'O tempo de cativeiro já foi'
Em sua foto compartilhada, o ator contou quem é a mulher que carrega Maria Eduarda no colo. "Muita energia boa e muito amor no coração com sua vovó preta, como ela mesma chama a 'netinha', meu copinho de leite. Eu infelizmente não tive a alegria nesta vida de ter uma vovó viva. Ela ainda tem uma a mais de alma", escreveu o artista, que, no início do mês curtiu um dia de praia com a herdeira e já disse sofrer por ficar longe dos filhos.
Se o ator não comentou o assunto, o mesmo não aconteceu com a mãe de santo que aparece segurando Maria Eduarda no colo. "O tempo do cativeiro já foi. Hoje não precisamos mais nos esconder. E, além disso, temos leis que olham por nós", escreveu Mãe Neide Oyá D´Oxum.
"Para nós, maior que Deus, ninguém. Nossa religião, a Umbanda traçada com Nagô, cultua os orixás africanos e entidades iluminadas. Infelizmente, a energia negativa dos seres humanos acaba encharcando o cotidiano de maldade e do preconceito de todo um passado (e presente) de repressão. Continuamos sempre com muita fé e amor no coração".

Nenhum comentário: