A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

domingo, 25 de novembro de 2018

Raúl Castro recebe médicos cubanos que deixaram o Brasil

Centenas de médicos cubanos embarcaram nesta semana de Brasília com destino a Havana
O ex-presidente e líder do Partido Comunista de Cuba, Raúl Castro, recebeu 201 profissionais cubanos que integravam o programa Mais Médicos no Brasil. Castro foi até o avião para cumprimentar os profissionais que chegaram a Havana. Estava acompanhado do nº 2 do partido, José Ramón Machado, e de um grupo de líderes políticos.

Em 14 de novembro, o governo cubano anunciou o rompimento do acordo com o Mais Médicos e retirada dos cerca de 8.300 profissionais. A razão é a discordância em relação às condições que seriam impostas pelo governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.
Centenas de médicos cubanos deixaram o Brasil nesta semana. 

CUBA TINHA 8,3 MIL MÉDICOS EM PROGRAMA

Mais de 8,3 mil cubanos participavam do Mais Médicos. Os profissionais chegaram ao Brasil em 2013, durante o governo de Dilma Rousseff, para trabalhar em unidades básicas de saúde, com objetivo de prover emergencialmente atendimento a populações vulneráveis.
Nesta 5ª feira (22.nov.2018) os primeiros médicos cubanos deixaram o país. Eles embarcaram no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, em destino à Havana, Cuba.
A Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), organização responsável por mediar a cooperação internacional entre Brasil e Cuba, estima que até 12 de dezembro todos saiam do país.
Como medida emergencial para suprir a ausência dos médicos cubanos, o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, anunciou na 2ª feira (19.nov) 1 novo edital de convocação de profissionais.
Inicialmente, só poderão se inscrever no programa brasileiros e estrangeiros que com cadastro nos CRMs (Conselhos Regionais de Medicina) ou com diploma revalidado no país. “Em todos os editais, a preferência é do profissional brasileiro”, afirmou o ministro. Saiba as regras.
As inscrições para essa nova seleção começaram nesta 4ª (21.nov) e estavam previstas para terminar às 23h59 de 25 de novembro.
Com a instabilidade no site, o Ministério da Saúde resolveu prorrogar as inscrições até o dia 7 de dezembro. Os médicos que já tiverem as inscrições efetivadas já poderão apresentar documentação nos municípios escolhidos a partir desta 6ª feira (23.nov.2018).

Nenhum comentário: