quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Vanderlei Luxemburgo é condenado por crime eleitoral.



O "1º Jornal", da Band, informa que o  técnico Vanderlei Luxemburgo, do Grêmio, foi condenado a um ano e seis meses de prisão por crime eleitoral. A pena, porém, foi substituída por serviços comunitários e multa de 100 salários mínimos cerca de R$ 68 mil.

Condenado em primeira instância, em março do ano passado, o treinador recorreu ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral). O órgão, porém, rejeitou o recurso de Luxemburgo e manteve a decisão.

De acordo com a publicação, Luxemburgo planejava concorrer ao cargo de senador nas Eleições de 2010, por Tocantins. Na tentativa de transferir seu domicílio eleitoral, ele apresentou ao TRE do Estado uma declaração de que residia há três meses em Palmas.

O documento, no entanto, foi considerado falso, já que na época Luxemburgo treinava o Palmeiras e não conseguiu comprovar a autenticidade das informações.

O técnico ainda pode recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) até o final da semana.

Nenhum comentário:

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro