A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Neto Bota participa de lançamento de revista

O vereador Neto Bota esteve na última semana no salão paroquial da Igreja Matriz para o lançamento da revista “Santo Antônio de Caraguatatuba: Um esboço da História”.
 Neto Bota prestigiou o evento e parabenizou o trabalho realizado. “Quero dar os parabéns para todos aqueles que participaram deste lindo projeto. Uma revista de muito bom gosto, feita por profissionais competentes que conseguiram nessas páginas informar com qualidade a história da igreja católica em Caraguá”, falou.
 “As primeiras sessões da Câmara Municipal foram realizadas na nossa Matriz. Como presidente da Câmara não podia deixar de citar esse fato. Há um laço muito forte com o povo caiçara, recomendo para todos, que leiam e apreciem com muito carinho esse trabalho”, disse Neto Bota.
 De acordo com informações da agência de comunicação e marketing Gentecom, que produziu a revista, os leitores irão voltar no tempo e relembrar fatos que mostram a forte ligação da Igreja Católica com a comunidade local
 As primeiras 52 páginas da revista resgatam a origem da fé, a atuação da igreja católica no mundo, no Brasil e sua chegada em Caraguá no século XVII, data da fundação da Matriz de Santo Antônio. A publicação impressa mostra as reformas ocorridas no prédio da Matriz, entre as maiores a de 1949, na época do frei Pacífico Wagner, na qual foram acrescentadas a cúpula e a parte lateral da igreja, e a reforma dos anos 90 que ampliou o tamanho da Igreja de Santo Antônio.
A participação da Matriz na vida da comunidade se deu também por meio da educação com o reforço escolar feito por professoras voluntárias, os muitos projetos sociais, esportivos, culturais e políticos, como a Costura de Santo Antônio, Ação Social e outros atualmente coordenados por pastorais e movimentos ligados a Paróquia.
As páginas da revista ainda mostram momentos históricos como a missa campal celebrada no centenário de Caraguatatuba, as rifas e ações feitas pelos fiéis da Paróquia em prol da construção do primeiro hospital local, a Casa de Saúde Stella Maris, os 160 anos da Festa de Santo Antônio, as “treze horas de silêncio e devoção” vivenciadas na Catástrofe de 1967, quando a Igreja abriu as porta e acolheu desabrigados, fez doações e ofereceu conforto espiritual ao povo de Caraguá.
Nas últimas páginas, a revista traz fotos históricas e o relato da criação da Diocese de Caraguatatuba, a qual a Paróquia Santo Antônio faz parte, e uma cronologia dos padres que passaram pela Igreja.

Nenhum comentário: