A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

segunda-feira, 11 de março de 2013

Sargento da PM-RJ manda gerente do tráfico usar meninos para vender drogas, mostra o "Fantástico".


Neste domingo, dia 09 de março, o "Fantástico", da TV Globo, exibiu uma reportagem exclusiva mostrando os bastidores de uma operação policial que desmantelou uma quadrilha de traficantes que atuava no Centro do Rio de Janeiro com apoio de policiais militares que recebiam propinas. 
[Fábio Galvão, subsecretário de inteligência | Foto: Divulgação/Fonte: Fantástico] 
Fantástico teve acesso a essa investigação e encontrou uma gravação estarrecedora: um sargento da PM, por telefone, manda que um gerente do tráfico use meninos em uniforme escolar para vender drogas.Segundo o subsecretário de inteligência Fábio Galvão, disse que as imagens mostram uma minoria que não representa a Polícia Militar. "Eles são marginais fardados e como tais são tratados assim pela instituição", ressaltou o subsecretário .

Uma gravação mostra a conversa entre um sargento da PM e um traficante. A polícia não divulgou o nome do PM, que ainda não foi preso, leia abaixo um trecho da conversa:

Primeiro, o sargento pede mais dinheiro.

Sargento: Aí, os R$ 200 que falta, eu vou botar R$ 100 para domingo e R$ 100 para quinta.
Traficante: Pô, cara, mas aí quinta pra gente pagar R$100 já tá maior osso, meu parceiro.
Sargento:  Você serve pra isso. Quer trocar de lugar comigo?

Depois, ele dá uma bronca no traficante.

Sargento: Se liga no papo que eu vou te dar, para tu se ligar no ritmo, que você como administrador do bagulho, tem que ser um cara safo, irmão.

Em seguida, a situação mais absurda: o PM ensina ao criminoso como conseguir mais dinheiro. E o pior: o sargento, um agente do estado, manda o bandido usar menores de idade para vender droga.

Sargento: O bagulho tiver ruim, apertar, bota o moleque em cima da árvore, bota moleque rodando no carro, bota o moleque rodando de bicicleta, bota os moleque de roupa de colégio. Faz tua correria, irmão. Tem que aprender a assumir teus compromissos, compadre. Eu assumo o meu.

“Na verdade, é uma traição com os próprios policiais, que amanhã ou depois estão subindo o morro, entrando em locais e tomando tiros dos mesmos traficantes”, declarou o subsecretário ao "Fantástico".

Na última sexta-feira, no Centro do Rio, 300 policiais estiveram nas ruas para prender 72 pessoas, entre elas 21 PMs. Essa operação acontece depois de uma investigação iniciada dez meses atrás.

Nenhum comentário: