A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Doença de Marcos Pasquim afetou sua libido sexual

Doença de Marcos Pasquim afetou sua libido sexual
Marcos Pasquim, um dos atores mais consagrados da Rede Globo, revelou detalhes do problema psiquiátrico que fez parte de sua vida por mais de 4 anos. Conhecida como agorafobia, a doença de Marcos Pasquim é um transtorno psiquiátrico associado à ansiedade. Em entrevista ao colunista Daniel Castro, o ator revelou que teve medo de morrer e chegou a, até mesmo, perder sua libido sexual.

Atualmente atuando como o pescador Marino, de O Tempo Não Para, Marcos confirmou que sofreu muito com os sintomas do transtorno entre os anos de 2002 e 2006. Crises de medo momentâneas, ataques de pânico e sensação de impotência são alguns dos sintomas da agorafobia, que atinge cerca de 18 milhões de pessoas no país segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).
“Eu estava no banho e, de repente, sem mais nem menos, meu coração disparou. Tive uma taquicardia muito forte e pensei: ‘Meu Deus, vou morrer'”, contou o ator. “”Não saía do apartamento. Perdi até a libido”.
A doença de Marcos Pasquim pode durar anos ou acompanhar a pessoa por toda a vida. Entretanto, há 12 anos sem ataques de pânico, o ator afirma que já recebeu alta médica mas que continua mantendo algumas precauções. “ainda evito andar de montanha-russa, por exemplo, para não ter crise”, explicou o galã.

Nenhum comentário: