A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Adriano leva ultimato do Flamengo e cogita aposentadoria


Adriano assinou sua terceira advertência por faltas a treinos e o Flamengo pode rescindir seu contrato de forma unilateral sem custos, a qualquer momento. No entanto, o diretor de futebol Zinho decidiu dar mais uma oportunidade para o atacante retornar ao futebol. O dirigente rubro-negro se reuniu por uma hora com o jogador na tarde desta segunda-feira, no Ninho do Urubu, para ouvir suas explicações para as ausências de sexta-feira à tarde, sábado e domingo. Não ouviu nenhuma.
"Percebi nos olhos dele que ele não tinha uma resposta. Ele diz que está confuso, perturbado, em dúvida se continua a carreira devido a problemas particulares", contou Zinho.
Segundo o relato do diretor, Adriano disse que iria conversar com a família e seu empresário, o amigo Luca, para definir se continua na tentativa de voltar aos gramados. Em caso positivo, Zinho disse que o atacante não poderá cometer mais nenhum deslize. E que a decisão de esperar pelo posicionamento de Adriano foi exclusivamente dele.
A expectativa é que Adriano vá ao Ninho do Urubu nesta terça, se decidir por insistir em sua recuperação física, e conceda coletiva. Enquanto isso, o contrato de imagem foi suspenso e ele não receberá a quantia referente a essa parte do salário de setembro.
"Cheguei ao meu limite, estou desgastado. Mas não quero que ele acabe para o futebol. Eu tenho muito medo se ele parar de jogar futebol", disse Zinho. "O Adriano assinou a terceira advertência dele, falei que o clube teria todas as condições de rescindir o contrato dele, mas eu, uma decisão minha, quero acreditar que ele possa se recuperar".
O dirigente reforçou que ficou estabelecido como condição para o jogador permanecer no clube o acompanhamento profissional para seus problemas emocionais. Zinho ainda frisou que não há qualquer planejamento para um eventual retorno de Adriano aos gramados e que ele só será liberado para atuar quando estiver plenamente apto.
Logo depois da derrota por 1 a 0 para o Fluminense, no domingo, o técnico Dorival Júnior recusou se estender sobre o tema, dizendo que só falaria sobre o atacante quando ele estivesse sob seus cuidados.
Na quinta-feira, o Flamengo recebe o Bahia, no Engenhão, e o treinador tem o desfalque do lateral Ramon e do artilheiro Vagner Love.

Nenhum comentário: