Esthetic Center

Esthetic Center
Av Maranhão, 417, Jardim Primavera

Castro Massas - Delivery

Castro Massas - Delivery
Peça já seu marmitex e lanches delivery (12) 992124729 - (12) 982035208 - Enseada - São Sebastião

Bar do Helio

DREAM HOUSE Festas Caraguá

Brasileirinho Delivery

Viela Café Caraguá

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

'Quero falar, eu vou falar'. Preso, Cunha contrata advogado de delatores

Preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, desde a noite de quarta-feira (19), o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) já dá sinais de que pretende negociar um acordo de delação premiada.

Brazil's President of the Chamber of Deputies Eduardo Cunha gestures during his defense in an ethics committee of the lower house, in Brasilia, Brazil, May 19, 2016. REUTERS/Adriano MachadoO deputado cassado contratou o advogado Marlus Arns, que já atua em acordos de delação premiada de empresários na Lava JatoDe acordo com o Valor Econômico,
Cunha disse ontem a seus advogados estar disposto a colaborar com as investigações da Lava Jato. "Eu quero falar, eu vou falar", afirmou o ex-presidente da Câmara, é o responsável pelos acordos de colaboração dos empreiteiros Dalton Avancini, Eduardo Leite e Paulo Augusto Santos, da Camargo Corrêa, e do empresário João Bernardi Filho.
No entanto, ao deixar a sede da Federal na capital paranaense nesta quinta (20), o advogado afirmou que delação premiada "não foi tema de conversa" que teve com o ex-deputado.
Risco para o processo: Cunha acabou preso por ordem de Sérgio Moro. O juiz federal acolheu os argumentos da força-tarefa da Procuradoria da República de que apontava que a liberdade do ex-deputado representava um "risco para a instrução do processo e para a ordem pública".
Calafrios no governo Temer: A prisão de Eduardo Cunha após longo período de investigações na Operação Lava Jato causa transtornos em Brasília. Dentro do governo Michel Temer (PMDB), a visão é de que o deputado cassado e, até pouco tempo, todo poderoso presidente da Câmara dos Deputados, pode agir de forma "vingativa" e "não cair sozinho".
Essas eram as informações trazidas pelos principais jornais brasileiros nesta quinta-feira (21).Também ontem, ao deixar o exame de corpo delito, no Instituto Médico Legal (IML), de Curitiba, falou rapidamente sobre sua prisão: "É uma decisão absurda".

Nenhum comentário: