terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Veja as 30 empresas mais reclamadas em 2013 Segundo o Procon, as instituições financeiras registraram queda no número de queixas

Veja as 30 empresas mais reclamadas em 2013

Nesta segunda-feira (3), a Fundação Procon-SP divulgou o Ranking Online das 30 empresas que geraram o maior número de reclamações de consumidores registradas nos canais de atendimento da entidade. No ano passado, o primeiro colocado foi o grupo Vivo/Telefônica, com 11.894 queixas.
Em 2012, a empresa teve um total de 9.863 reclamações, sendo que a companhia que liderava o ranking era o Itaú, com 10.306 atendimentos no Procon; em 2013, esse número caiu para 7.199.
O Grupo Vivo Telefônica também teve o mais alto índice de solução, porém, segundo a entidade de defesa do consumidor, a empresa ainda sofre com problemas básicos, especialmente na operação de telefonia fixa, como a demora para realizar reparos ou atender pedidos de transferência de linha. A permanência de problemas dessa natureza indica a necessidade urgente de melhorias nas práticas comerciais e nas estruturas de prestação de serviços.
Veja na página seguinte o ranking completo.
Geral
As empresas de telecomunicações foram as com maior quantidade de reclamações, com 75.401 demandas, seguida pelas instituições financeiras (66.929), fabricantes de celulares (19.008), microcomputadores e produtos de informática (14.099) e planos de saúde (12.859).
Em 2012, as instituições financeiras registraram 74.987, representando uma melhoria no atendimento e serviços prestados pelo setor. Em seguida estavam as companhias de telecomunicações (66.618), fabricantes de celulares (18.253), móveis (14.250) e planos de saúde (13.491).

Nenhum comentário:

Delegacia Virtual do Estado de São Paulo

Delegacia Virtual do Estado do Rio de Janeiro