A Beira Mar

A Beira Mar
Bar e Restaurante

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Quadrilha que explodia caixa eletrônico é presa em Caraguá

 Sete homens foram detidos em tocaia quando iam a São Sebastião com a intenção de explodir equipamento em Maresias
Sete integrantes de uma das principais quadrilhas de furtos a caixas eletrônicos do país foram presos na noite de quinta-feira, na rodovia dos Tamoios, em Caraguá.
A ação foi resultado de uma operação da Polícia Civil de Guarulhos e culminou na prisão total de 11 pessoas. Todos são moradores da zona leste da capital.
Os integrantes da quadrilha presos em Caraguá pretendiam explodir um caixa eletrônico em São Sebastião.
Eles estavam em três carros e, com eles, a polícia encontrou duas metralhadoras, cinco pistolas, munições e cinco quilos de dinamite, além de furadeiras e maçaricos.
No dia 28 de junho, eles já tinham agido em São Sebastião, quando explodiram um caixa eletrônico em Maresias e fugiram em barcos.
A polícia acredita que eles tenham participação em 30% dos casos de furtos e roubos a caixas eletrônicos no Estado.
Só no período da investigação, foram 10 ocorrências.

Litoral. A polícia já vinha monitorando a ação dos bandidos e, com a ajuda da Polícia Civil do Litoral Norte, fez o cerco aos ladrões quando eles passavam pelo posto rodoviário da Tamoios. Um caminhão foi colocado na rodovia para bloquear a passagem de veículos.
Não houve reação dos ladrões. Um dos líderes do bando era Edmilson Silva do Nascimento, 31 anos, conhecido por ter furtado quadros de Pablo Picasso da Pinacoteca de São Paulo em 2008.
O outro líder do grupo, segundo a polícia, era João Batista, o “Jotinha”, 30 anos, técnico de explosivos.

Escutas. Da primeira vez que a quadrilha agiu no Litoral, a polícia já monitorava a ação dos bandidos. Escutas telefônicas mostraram que o bando fugiu de barco para Ilhabela após explodir o caixa.
“Nós demos apoio. Estávamos seguindo as pistas. Mas tudo o que descobríamos, passávamos para Guarulhos, que já estava com a investigação bem avançada”, diz Mucio Alvarenga, delegado seccional do Litoral Norte.
Segundo o delegado de Guarulhos, Paulo Pereira de Paulo, os integrantes do bando vão responder por 10 crimes como formação de quadrilha, porte de explosivos e tráfico internacional de armade fogo.

“Essa foi a primeira parte. Ainda há uma vasta investigação a ser feita em busca de outros membros da quadrilha”
PAULO PEREIRA DE PAULADELEGADO DA DISE DE GUARULHOS

ENTENDA O CASO
Flagrante
LITORAL NORTE
A Polícia Civil flagrou sete integrantes da quadrilha na rodovia dos Tamoios,em Caraguá, enquanto o bando seguia para São Sebastião

Operação
GUARULHOS
O flagrante foi na quinta-feira a noite; na sexta-feira de manhã, foram presas mais quatro pessoas que já tinham prisão preventiva decretada

Quadrilha
80 FURTOS
Apolícia acredita que o bando é responsável por 30% dos furtos a caixas eletrônicos

ARTE
Um dos líderes do bando é conhecido por ter furtado quadros de Picasso da Pinacoteca de São Paulo em 2008

Nenhum comentário: