DREAM HOUSE Festas Caraguá

Brasileirinho Delivery

domingo, 2 de outubro de 2016

Skaf afirma que vai construir Hospital e AME no Litoral Norte

Litoral Norte-30/09/2014 -Paulo Skaf, 59 anos, casado, cinco filhos, é o candidato do PMDB ao Governo de São Paulo. Começou sua carreira nos anos 70, quando assumiu integralmente o trabalho na empresa, deixando os estudos inconclusos. No final da década de 80, Skaf passou a ganhar notoriedade no mundo empresarial e ocupou uma série de cargos relevantes, como a presidência da ABIT (Associação Brasileira de Indústria Têxtil) e do Sinditêxtil (Sindicato das Indústrias Têxteis de São Paulo). Em 2004, foi eleito presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Em 2009, filiou-se ao PSB e disputou as eleições de 2010 como candidato ao Governo de São Paulo. Considera que as prioridades do seu governo, são também as prioridades da região: saúde, educação e segurança.
Foto: Divulgação
Litoral Norte-30/09/2014 -Paulo Skaf, 59 anos, casado, cinco filhos, é o candidato do PMDB ao Governo de São Paulo. Começou sua carreira nos anos 70, quando assumiu integralmente o trabalho na empresa, deixando os estudos inconclusos. No final da década de 80, Skaf passou a ganhar notoriedade no mundo empresarial e ocupou uma série de cargos relevantes, como a presidência da ABIT (Associação Brasileira de Indústria Têxtil) e do Sinditêxtil (Sindicato das Indústrias Têxteis de São Paulo). Em 2004, foi eleito presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Em 2009, filiou-se ao PSB e disputou as eleições de 2010 como candidato ao Governo de São Paulo. Considera que as prioridades do seu governo, são também as prioridades da região: saúde, educação e segurança.
Confira a íntegra da entrevista.

RADAR LITORAL - Quais as suas prioridades para o Litoral Norte?
PAULO SKAF - Meu governo tem três prioridades: saúde, educação e segurança. Não vai ser diferente para o Litoral Norte, que vive as mesmas dificuldades do Estado. A gente sabe que a disponibilidade de serviços de saúde no Litoral Norte, por exemplo, é muito inferior à média do Estado. Por isso, vamos construir um hospital e um Ame na região. Da mesma forma, vamos implantar o ensino fundamental em tempo integral nas escolas da rede estadual no Litoral Norte. Na questão da segurança pública, o índice de criminalidade também é alto e vamos ampliar o policiamento, diminuir a burocracia na polícia civil e aumentar a investigação e as rondas. Com isso, vamos reduzir a criminalidade em todo o Estado e no Litoral Norte, em particular. Além disso, na área da infraestrutura, há necessidade de modernizar o Porto de São Sebastião e concluir a rodovia dos Tamoios, que faz a ligação do Porto com o Vale do Paraíba. São Sebastião tem o maior potencial para ser o porto do pré-sal e a gente sabe que é preciso utilizar a rede de dutos e a ligação rodoviária com o Vale do Paraíba para o escoamento e recebimento das cargas.

RL – Como o sr. pretende atuar para minimizar os problemas das desapropriações devido às obras do contorno da Rodovia dos Tamoios?
SKAF - Precisamos ampliar e fazer estradas, e elas têm que passar em algum lugar. A rodovia dos Tamoios corta o centro de Caraguatatuba e São Sebastião, o que é muito ruim tanto para as cidades quanto para quem está usando a rodovia. Então, a Tamoios precisa ser desviada. Nesse processo, o Estado desapropria terrenos e indeniza os seus proprietários. Não vejo problema nisso.

RL – Como resolver o problema da travessia por balsas entre São Sebastião e Ilhabela?
SKAF - A ligação de Ilhabela com o continente é algo que precisa ser estudado e, principalmente, discutido com a sociedade local para sabermos se existe realmente uma demanda de ligação seca com o continente, ou não.

RL – Como o sr. pretende atuar para que a região tenha um hospital regional?
SKAF - Não pretendo atuar, eu vou construir. No meu governo, vamos construir dez hospitais no Estado, e um deles será no Litoral Norte. Outro na Baixada Santista, outro no Vale do Paraíba e assim sucessivamente.

RL – Como o Estado pode incrementar o Turismo no Litoral Norte para minimizar os problemas da sazonalidade?
SKAF - É preciso se faça um programa de marketing para a atração de turistas. O governo pode auxiliar por meio dos programas existentes, na medida em que o Estado seja demandado. Os operadores do turismo local precisam se organizar e apresentar ao Estado programas específicos para o período fora de temporada. Agora, na parte da gestão empresarial o Estado tem influência no Sebrae, que pode auxiliar as pequenas empresas a se reestruturarem. Isso tudo, o governo do Estado pode ajudar, desde que exista uma demanda bem colocada.

RL – Hoje os municípios exportam o lixo produzido na região. Qual a sua proposta para a destinação final do lixo produzido nas cidades do Litoral Norte? 
SKAF - A questão dos resíduos sólidos, embora seja responsabilidade dos municípios, é o tipo da questão que tem soluções melhores quando feita em consórcios municipais. Além de incentivar os consórcios, vamos ter programas de reciclagem e logística reversa para reduzir bastante o lixo.

RL - A violência é um dos problemas da região. Qual a sua proposta para essa área?
SKAF - A violência é um dos principais problemas não só do Litoral Norte, mas de todo o Estado de São Paulo. Isso exige uma solução única, e ela passa pelo tripé gestão, estrutura e pessoal. É preciso definir uma política de segurança pública baseada em métodos modernos de análise de inteligência e planejamento, incorporando-se tecnologia e boas práticas de polícia preventiva, investindo na qualificação e no aprimoramento dos serviços policiais, bem como na valorização dos profissionais. Mas, acima de tudo, o que falta hoje é autoridade do governador de São Paulo. A polícia parece perdida porque o comandante máximo não sabe o que fazer. No meu governo, não vamos tolerar ilegalidades. Quem vai comandar a segurança pública serei eu. Sei o que quero, sei o que deve ser feito e vou fazer.

RL – Qual a sua proposta para o Porto de São Sebastião?
SKAF - O Porto é administrado pelo governo do Estado, que deve modernizá-lo para que fique mais produtivo e se torne o porto do pré-sal. Ao mesmo tempo, precisamos resolver a questão da rodovia dos Tamoios para se chegar e sair do porto sem grandes entraves.

RL – Ubatuba tem o único aeroporto da região. Como torná-lo viável para o Turismo?
SKAF - Sem duvida nenhuma, os aeroportos regionais do Estado de São Paulo precisam ser modernizados. Mas para aumentar o trânsito aéreo e tornar viáveis esses aeroportos, é preciso primeiro melhorar as condições dos aeroportos da capital paulista, que é a origem ou o destino de boa parte dos voos regionais.

RL - Como o sr. pretende se relacionar com as autoridades da região (prefeitos e vereadores)?
SKAF - Hoje, tudo é centralizado na capital, tanto que os prefeitos precisam às vezes se deslocar até a sede do governo só para assinar um simples convênio de valor irrisório. No meu governo, vamos criar representantes locais para ter um dialogo direto com as autoridades, prefeitos e câmaras de vereadores para resolver questões menores. Esses representantes do governo vão tornar mais ágil a solução dos problemas locais.  

RL – Deixe uma mensagem para a população do Litoral Norte e por que os eleitores da região devem votar no senhor.
SKAF - Ao longo de toda a minha vida como líder empresarial, na Abit, no Sinditêxtil, na Fiesp e no Sesi-Senai de São Paulo, sempre tive uma postura crítica em relação aos políticos, sobretudo os que fazem promessas vazias.  Cansei de reclamar deles e resolvi entrar na política partidária para fazer de forma diferente. Hoje, o que as pessoas querem é gestão, é ver resultados e não promessas, conchavos, negociação de cargos.  Entendo que posso dar uma contribuição positiva para a política de São Paulo e do Brasil porque nos últimos anos tive oportunidade de enfrentar grandes desafios, como a redução das contas de luz, a redução de impostos para produtos da cesta básica, a eliminação do imposto dos cheques, a modernização dos portos e barrar o aumento do IPTU na capital paulista. Em todos esses casos mostramos resultados concretos.
Fonte: http://radarlitoral.com.br/ler-entrevista/17/skaf-afirma-que-vai-construir-hospital-e-ame-no-litoral-norte

Nenhum comentário:

Óticas Azucar - Caraguatatuba

Óticas Azucar - Caraguatatuba
Rua: Major Ayres, 164 - Centro / Caraguatatuba

Queens Berry

WChic - Banheiros de Luxo para Eventos

Pousada Ananas - Ilhabela

O GACC - Grupo de Assistência à Criança com Câncer

Forum

Imobiliaria Tabatinga

Pousada Costa Verde

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

World Brazil - Agencia

Transparência Brasil

Karambola Bar

Bar do Helio

Fragus

Natureza