DREAM HOUSE Festas Caraguá

Brasileirinho Delivery

quinta-feira, 2 de março de 2017

Após 33 anos sem título, Portela é a campeã do Carnaval do Rio


A Portela quebrou 33 anos de jejum e foi escolhida escola campeã no desfile do Carnaval do Rio de Janeiro de 2017. O resultado foi anunciado no fim da tarde desta quarta-feira (1º) na Marquês de Sapucaí, na região central do Rio.
Desfile da Portela no carnaval de 2017
O desfile, na noite de segunda-feira (27) contou a história de rios e de lendas como Iara, Boiúna, cobra-grande, boto cor de rosa e deuses, além de crocodilos que rastejavam em uma das alas.

A escola fez referência também um de seus grandes nomes, Paulinho da Viola, com o enredo "Foi um rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar", versos de uma das canções do sambista.
A comissão de frente representou a piracema, com peixes nadando em direção à nascente no desfile coordenado pelo carnavalesco Paulo Barros. Símbolo da escola, a água borrifava água na avenida.
Um dos carros fez uma homenagem ao Rio Doce e o desastre ambiental de Mariana em novembro de 2015.A agremiação contou com 3400 componentes em 31 alas.
Presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães afirmou que todas as escolas precisam "levantar a bandeira do samba" e comemorou o fim do jejum.
"Acabou essa história. Portela agora vai ter paz para ser a grande escola que ela tem que ser, junto com suas coirmãs. Não vai mais ter que carregar essa cruz do jejum", disse o Presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães
Rainha da bateria, Bianca Monteiro, também vibrou com o resultado. "Só tenho que agradecer a Deus, aos orixás e toda comunidade da Portela que se uniu para fazer o carnaval", afirmou.
A escola ficou com 269,9 pontos. Em segundo lugar, veio a Mocidade Independente de Padre Miguel, com 269,8 pontos, seguida pelo Salgueiro, com 269,7 pontos.
O desfiles das campeãs, com a participação das seis agremiações mais bem colocadas, será no próximo sábado (4) a partir das 20h30 na Marquês de Sapucaí. Neste ano, o enredo foi definido como o critério de desempate na apuração do Grupo Especial das escolas de samba do Rio.

Acidente

Devido a acidentes envolvendo os carros da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca, a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa) decidiu que nenhuma escola do Grupo Especial será rebaixada para a Série A neste ano.
"Entendo que é justo pelo que o carnaval do Rio representa. Acho que as escolas tiveram um entendimento de que não ocorreria uma penalização", afirmou Ricardo Abrãao, presidente da Beija-Flor após reunião de emergência da Liesa nesta quarta. A decisão, contudo, foi vaiada ao ser anunciada nesta quarta-feira na apuração de notas.
Os acidentes deixaram pelo menos 35 pessoas feridas nos desfiles do Grupo Especial entre a noite de domingo (26) e a madrugada de terça-feira (28) de carnaval.
Com a decisão da Liesa, no carnaval de 2018 o Grupo Especial terá 13 escolas desfilando, das quais duas serão rebaixadas para a Série A.

Nenhum comentário:

Óticas Azucar - Caraguatatuba

Óticas Azucar - Caraguatatuba
Rua: Major Ayres, 164 - Centro / Caraguatatuba

Queens Berry

WChic - Banheiros de Luxo para Eventos

Pousada Ananas - Ilhabela

O GACC - Grupo de Assistência à Criança com Câncer

Forum

Imobiliaria Tabatinga

Pousada Costa Verde

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

World Brazil - Agencia

Transparência Brasil

Karambola Bar

Bar do Helio

Fragus

Natureza