DREAM HOUSE Festas Caraguá

Brasileirinho Delivery

domingo, 18 de setembro de 2016

Candidatos não podem ser presos até dia da eleição A medida é garantida pelo Código Eleitoral e serve para que autoridades policiais ou judiciais não possam cometer eventuais abusos



A partir deste sábado (17), nenhum candidato às eleições municipais marcadas para 2 de outubro pode ser detido ou preso, a não ser que seja pego em flagrante cometendo crime. A medida de proteção é garantida pelo Código Eleitoral e serve para que autoridades policiais ou judiciais não possam cometer eventuais abusos na tentativa de interferir nas disputas pelo voto.


De acordo com o site do governo federal, entre os casos que podem permitir a prisão em flagrante estão incluídos os crimes eleitorais, como a compra de votos. Mesmo se houver prisão ou detenção em flagrante, o candidato deve ser levado imediatamente a um juiz, para que o magistrado avalie no mesmo momento a legalidade do ato.
Apesar da proteção, não é incomum que candidatos sejam presos mesmo durante este período especial de proteção, que começa a vigorar 15 dias antes de as urnas serem abertas.


Nenhum comentário:

Óticas Azucar - Caraguatatuba

Óticas Azucar - Caraguatatuba
Rua: Major Ayres, 164 - Centro / Caraguatatuba

Queens Berry

WChic - Banheiros de Luxo para Eventos

Pousada Ananas - Ilhabela

O GACC - Grupo de Assistência à Criança com Câncer

Forum

Imobiliaria Tabatinga

Pousada Costa Verde

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

World Brazil - Agencia

Transparência Brasil

Karambola Bar

Bar do Helio

Fragus

Natureza