DREAM HOUSE Festas Caraguá

Brasileirinho Delivery

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Padre Mauro recebe título de Cidadão Caraguatatubense

A Câmara Municipal de Caraguatatuba, em sessão solene realizada na noite da última sexta-feira, concedeu o Título de Cidadão Caraguatatubense ao Reverendíssimo Padre Mauro José Ramos, pelos relevantes serviços prestados ao município.
Pároco na Paróquia São João Batista, Padre Mauro recebeu a honraria por meio do Decreto Legislativo 292, de 09 de março de 2016, de autoria do Vereador Julio Cezar Alves.
Nascido na cidade de Votuporanga, o novo Cidadão Caraguatatubense é filho de João José Ramos e de Maria Aparecida Santana Ramos. Cresceu e viveu no município de Cosmorama - SP até os quatro anos de idade, num vilarejo conhecido como Vila Nova.
Depois seus pais se mudaram para o município de Américo de Campos SP. Foi ai que Mauro cursou o primeiro grau numa escolinha de Fazenda chamada Escola Alto Alegrinho, que também servia como sala de catequese. Foi nessas salas que o pequeno Mauro aprendeu as primeiras noções sobre bíblia, sobre a igreja. Nesse ambiente se confessou com o padre Zezinho. Foi nessas salas abençoadas que a mesa da professora se transformava em altar e que se celebrou a missa que ele recebeu pela primeira vez a Hóstia Consagrada do Corpo do Senhor Jesus.
Quando Mauro terminou a quarta série do primeiro grau, não tinha mais escola na zona rural. Seus pais lhe perguntaram se ele levaria a sério os estudos caso investissem nele. O menino estava disposto a estudar. Então os pais investiram as economias que tinham numa moto CG 125, e mesmo com 11 anos, ensinaram o menino a pilotar moto e durante 3 anos e amargou nas estradas de terra rumo a cidade em busca do seu futuro. Um ano sozinho e dois com a irmãzinha de 7 anos na garupa. Ele estudou no Colégio Francisco Vila Horta, escondido da Polícia Rodoviária e protegido por Deus, por Maria Santíssima e pelo dono da única Auto Escola da cidade que escondia a moto pro padre Mauro poder estudar.
Com a crise do preço do café, os pais já não conseguiam mais trabalhar no campo, pois eram agropecuaristas, foi necessário se mudarem para a cidade com a família. Foram morar em Onda Verde SP (1990). Cidade que fica perto de São José do Rio Preto. Não foi fácil. A princípio moraram de favor na casa de parentes, até que a casa que possuíam tivesse condições de ser habitada. Nessa cidade, o garoto Mauro foi trabalhar no campo, pois era o que sabia fazer, mas continuou levando a sério seus estudos. Durante um ano fez um curso de datilografia, o curso começava as 8, terminava as 9 da manhã e depois tinha que ir pra a roça a pé por uns cinco quilômetros para não perder o emprego. Após concluir o colegial se aventurou na cidade grande, num curso de Técnico em Contabilidade na Faculdade de Direito Dom Pedro de São José do Rio Preto concluindo o curso em dois anos. Daí foi um pulo para começar a trabalhar na cidade numa loja de vendas de maquinas industriais para alta costura. Onde aprendeu um pouco de tudo, limpeza e montagem de peças, escritório, serviço de banco, serviço de vendas, atendimento ao cliente, etc.
Foi nesse período que veio forte a vocação de ser padre. A vontade de servir a Deus de maneira mais forte. Pois em Onda Verde, foi Catequista, Coordenador de um grupo de Jovens que se chamava Associação Amor ao Próximo, este grupo de jovens era um ecumênico, formado por jovens de várias religiões e tinha um único objetivo, Ajudar o Próximo, na época o feito maior do grupo foi construir uma casa para um morador de rua chamado Sr, Anísio. Mauro também era auxiliar do Padre Mario Cuomo, italiano e muito devoto dos sagrados corações de Jesus e Maria, Depois do trabalho acompanhava o padre bem idoso, nas visitas as famílias e aos doentes, sobretudo na zona rural.
Em 1995, foi fortemente tocado pelo apostolado do Padre Nino Carta, padre italiano, que fora reitor do seminário de Rio Preto e pároco da cidade de Onda Verde, que dentre os carisma, difundia o ideal do Movimento dos Focolares, fundado por Chiara Lubich, um ideal de vida cristã baseado na Unidade, na Alegria de Vida e de abraçar a Cruz de Jesus Cristo no dia a dia. O padre Nino Carta, fora transferido para Caraguatatuba e em uma visita a Caraguá,  o jovem Mauro se sente interpelado pela Palavra de Deus, Isaías 43, “Não tenhas medo Israel, eu troco reinos por ti” Padre Mauro dá o seu sim definitivo a Deus... No dia 04 de Outubro de 1996, dia de São Francisco, sua família vem a Caraguatatuba entrega-lo aos cuidados do Divino Espírito Santo, na então paróquia Divino Espirito Santo onde ele fez experiência vocacional por dois anos. Nesse período Trabalhou como Secretário Paroquial da Divino Espírito Santo e Cursou o Primeiro ano de Filosofia no Seminário Santo Antônio de Taubaté, Diocese de Taubaté, subindo e descendo todas as noites com os estudantes que estudam em Taubaté.
Em 1997, entra no Seminário São José, Diocese de Santos e retoma o Curso de Filosofia do começo na Universidade Católica de Santos. Em 2000, inicia o curso de Teologia no Instituto Teológico São Paulo em São Paulo Capital, período esse em que sai a nomeação da Diocese de Caraguatatuba e Padre Mauro, como seminaristas juntamente com o Padre Alessandro Henrique Coelho, decidem pertencer a desafiadora e nova diocese que nascia.
Em 16 de julho de 2004, dia de Nossa Senhora do Carmo é ordenado Diácono e em 12 de dezembro do mesmo ano, dia de Nossa Senhora de Guadalupe é ordenado Padre, pelas mãos de Dom Frei Fernando Mason, primeiro bispo diocesano da diocese de Caraguatatuba, atualmente bispo de Piracicaba. Já como Diácono, padre Mauro é vigário da Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Boiçucanga, onde continua também como padre. Ainda como diácono, assume como Conselheiro Espiritual as Equipes de Nossa Senhora, do qual assume a função até os dias de hoje.
Em 2005, na vacância da transferência de Dom Fernando, assume como Administrador Diocesano padre Vilson Dias de Oliveira, atualmente Dom Vilson, bispo de Limeira, que na ocasião transfere Padre Mauro para Ubatuba, bairro do Ipiranguinha e o faz Administrador Paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, período que assume até o ano de 2007. Nesse período também padre assume a Mauro assessoria da Animação Bíblico Catequética da Diocese que durará 10 anos sobre seus cuidados.
Em 2007, com a nomeação do segundo bispo da Diocese de Caraguatatuba, Dom Antônio Carlos Altieri, sdb, padre Mauro é nomeado Reitor do Seminário Maior São José de Anchieta (na época Beato Anchieta). Como Reitor do Seminário assume a Secretaria Missionária da Osib do Estado de São Paulo (Organização dos Seminários e Institutos do Brasil). Nesse período assume também a assessoria da Pastoral Familiar. Em agosto de 2008, por ocasião das funções de Reitor do Seminário, a diocese o envia para uma Especialização em Formação na Colômbia, mais precisamente na capital Bogotá, no Itepal (Institulo Teológico Pastoral da América Latina do Centro Latino Americano e Caribenho – O CELAM). O curso serviu para formar, abrir horizontes, aprender a falar o espanhol e fazer amigos. Em 2009 é escolhido pelo Clero Diocesano de Caraguatatuba Representante da Pastoral Presbiteral, cargo que assumirá até o ano de 2013, e o fará membro da Comissão de Presbíteros do Estado de São até o ano de 2014.
Em 2011, padre Mauro José Ramos foi transferido para a Cidade de Caraguatatuba, Paróquia São João Batista, que compreende o bairro do Poiares, Tinga, Itaúna, Gaivotas e Fazenda Serramar. De 2011 até hoje podemos destacar o grande protagonismo deste padre missionário:
2011 - Criação da Celebração Querigmática Conhecida como Renovação das Promessas do Batismo, onde todo dia 24 de cada mês, por ocasião do dia do padroeiro São João Batista, cada fiel católico é convidado a renovar nas águas abençoadas o seu próprio batismo. Trata-se de uma celebração do Anúncio do nascimento, vida, paixão, morte e ressureição de Nosso Senhor Jesus Cristo e do Resgate de cada pessoa para a fé.
2011 – Resgate da Carreata de São Cristovão – Padre Mauro, animou os padres do Setor Caraguatatuba a retomarem o rito de fé que no dia 25 de Julho de cada ano, se faz a carreata em louvor ao padroeiro dos motoristas e viajantes. Sobretudo pelo resgate da imagem que fica na entrada da cidade recebendo os visitantes turistas do nosso litoral norte. Desde então, em todo Julho, tem acontecido a benção dos veículos na avenida da praia. Momento de conscientização e oração dos motoristas em atenção ao trânsito.
2012 – Padre Mauro propõe a sua Paróquia que não se venda álcool nas festas do Padroeiro São João Batista. O padre Mauro ficava incomodado com a cerveja que se vendia nas festas e com a luta das famílias que vinham procura-lo dizendo que não ajudariam na festa por causa dos filhos ou esposos alcoólatras. Isso, sem contar, as pastorais e grupos da Igreja que trabalham contra a dependência. A proposta do padre foi aceita por unanimidade e até hoje todos são felizes com essa decisão.
2012 – Padre Mauro promove um debate entre os candidatos à prefeitura de Caraguatatuba. Com a aprovação da Justiça Eleitoral e por sorteio prévio, cada candidato teve a oportunidade de expor suas ideias e debater com o povo suas propostas de governo. Na ocasião a oportunidade foi única e o evento aconteceu em cinco noites seguidas.
2013 – Padre Mauro, juntamente com a sua comunidade tem a ideia de promover a Semana Nacional da Família celebrada nas ruas de sua paróquia. São cinco dias muito intenso, onde as famílias da comunidades motivadas por um tema central e nacional, organizaram os dias da semana frente das casas de familiares da paróquia para partilharem a vida em torno da mesa da Eucaristia.
2014 – Padre Mauro é nomeado Coordenador Diocesano de Pastoral, ou seja, junto aos presbíteros e fiéis lideranças tem a responsabilidade de Coordenar os trabalhos pastorais de toda a diocese. Sendo assim, juntamente com o seu bispo e Conselho de presbíteros e da início ao Projeto Diocesano de Pastoral “Construindo Comunhão”, no qual tem a responsabilidade de coordenar e animar. O projeto já está em pleno funcionamento no seu segundo ano cujo tema deste ano é Batismo Fonte de Misericórdia e Comunhão.
2015 – Padre Mauro, se lança um pouco mais com a comunidade e juntos decidem fazer a Primeira Novena Missionária da Paróquia São João Batista. São 9 dias celebrados em lugares inusitados da paróquia; como Shopping Center da Cidade com a presença do bispo diocesano, estacionamento de grandes supermercados, Rodoviária, Praças Públicas, na Frente de Escolas, Praças Públicas onde ficam os pobres e embriagados, ruas movimentadas, creches, etc. A Novena Missionária foi um sucesso de público e de espiritualidade.
Dentre todo seu trabalho dentro do seu ministério de padre, também é importante ressaltar o dom que o padre Mauro possui para a poesia. Dom esse percebido na capacidade que tem para as suas homílias sempre muito apreciadas pelo povo e também pelos textos que sempre escreve em momentos especiais. O padre possui uma página nas redes sociais na qual por quatro anos consecutivos tem publicado diariamente frases de cunho poético, que tem ajudado a suscitar nas pessoas inspiração para uma vida nova. O padre tem participado de concursos de poesia e saraus no qual tem sido vencedor e demonstrado capacidade de oratória, composição e interpretação de suas próprias obras.
imprensa@camaracaragua.sp.gov.br
www.camaracaragua.sp.gov.br

Nenhum comentário:

Óticas Azucar - Caraguatatuba

Óticas Azucar - Caraguatatuba
Rua: Major Ayres, 164 - Centro / Caraguatatuba

Queens Berry

WChic - Banheiros de Luxo para Eventos

Pousada Ananas - Ilhabela

O GACC - Grupo de Assistência à Criança com Câncer

Forum

Imobiliaria Tabatinga

Pousada Costa Verde

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

Advocacia & Consultoria Dr. Rodrigo Fernandes Henrique de Oliveira - (12) 78980953 - Id: 54*514

World Brazil - Agencia

Transparência Brasil

Karambola Bar

Bar do Helio

Fragus

Natureza